Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Tenho tanto orgulho nas minhas pulgas quanto nas minhas carraças. O velhinho das barbas brancas que dorme comigo debaixo das arcadas, também tem em mim muito orgulho, caso contrário nunca me chamaria para jantar como ele faz todas as noites. Ele é muito bom para mim, guarda-me sempre o melhor osso, abre-me os braços para que eu me possa enroscar nele, e eu durmo assim, sem medo do frio. Não temos predadores nesta cidade, mas mesmo assim nunca dormimos tranquilos. As estações são deveras o nosso maior inimigo. Mas eu tenho-o a ele e os meus parasitas têm-me a mim e assim somos todos felizes e quentinhos. Gosto desta cidade embora aqui aconteçam coisas às quais nunca me habituarei. Existem uns animais enormes de patas esquisitas que andam sempre atrás uns dos outros numa chusma fumarenta. Acho que são devoradores de homens, mas é difícil ter a certeza. Digo-o porque, às vezes, vejo pessoas a sair das suas barrigas; não tenho a certeza porque também é usual vê-las lá entrar de sua livre vontade. Suponho que seja de livre vontade, mas eu sou apenas um bicho, não sei nem posso supor coisa alguma. Durante o dia farejo odores que me possam conduzir a comida ou a cadelas no cio. Durante a noite mostro a barriga ao meu velhinho para que ma coce. Mas a vida nem sempre é assim, generosa para comigo. É frequente voarem pés duros contra o meu corpo frágil, não sei porque razão. É frequente gritarem e ralharem comigo, não sei com que intuito. Mas nessas madrastas alturas eu bebo água das poças e estiro-me deleitado no chão da rua para que o sol me beije, me abrace e me conforte.



publicado por Mário Ramos d´Almeida às 19:20
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Da infância, da vida e da morte.
mais sobre mim
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO